Da Montanha do Piódão à Peneplanície de Serpa


Em Portugal, o Piódão Trail Runing é uma amostra rara duma prova com características Alpinas. Aqui, a dificuldade não resulta de obstáculos naturais como caminhos mal abertos, muita pedra e pedregulhos, ou riachos, mas sim das grandes altimetrias típicas da montanha. De facto, o percurso permite correr quase o tempo todo, pelo menos aos atletas com pulmão e força para aguentar as subidas muito longas e íngremes, ou com robustez muscular para resistir ao impacto das descidas igualmente inclinadas.
O OCS deslocou-se à aldeia presépio com seis atletas para cumprir calendário e aproveitar a vista fantástica do Pico da Cebola, situado a perto de 1400 m de altitude.

No Trail Serpa, as condições naturais não podiam ser mais diferentes. No terreno rápido dos campos e das colinas alentejanas, a Sonia Tubal foi a madrinha e a vencedora do evento na Classificação Geral Feminina e no Escalão F40. A julgar pela prestação das últimas provas, a preparação para o MIUT, o Ultra Trail da Madeira, está a correr muito bem.

A participação nas provas foi a seguinte:

Piódão Trail Running

50km

Rui Nascimento 6:35:34
Luís Faísco 7:11:52
João Rosa 7:38:49
Luis Batista 9:00:05
Ricardo Pereira 9:00:05
25km
João Faria 2:56:12
Os resultados podem ser consultados aqui

Trail Serpa
25KM

Sónia Tubal 2:19 26
As classificações podem ser consultadas aqui



05 abril 2017